Paranthropus aethiopicus

      O Paranthropus aethiopicus foi um primata bípede que viveu há aproximadamente 2,8 a 2,2 milhões de anos atrás durante o Plioceno na atual Etiópia e Quênia.
      Foi encontrado um crânio quase completo (KNM WT 17000), faltando os dentes, no Lago Turkana em um sítio no Quênia, que ficou conhecido como "Caveira Negra", devido os sedimentos em que o mesmo foi enterrado, ter o manchado de preto, esse crânio possuí um volume de 410 cm³, o menor cérebro de adulto já descoberto em um hominídio conhecido. O crânio também tem a mais definida linha sagital entre os hominídeos, a face mais prognática e molares extremamente grandes. Outros fósseis relativos a P. aethiopicus foram encontrados na bacia do rio Omo, na Etiópia e em Laetoli, na Tanzânia. Entre eles estão partes de crânio, partes do esqueleto, uma maxila e vários dentes.
      No início das descobertas os Paranthropus eram classificados como Australopithecus, porém após maiores estudos verificou-se que essas espécies eram mais robustas e possuiam uma tendência evolucionária distinta dos Australopithecus, sendo assim foram classificados como Paranthropus. Os fósseis de P. aethiopicus apresentam uma mistura de características entre A. afarensis com características faciais semelhantes (face prognática saliente para frente), morfologia das articulações da mandíbula, dentes frontais grandes, cristas sagitais mais pronunciada na parte de trás do crânio (crista óssea posicionada no topo do crânio estendendo-se da frente para trás no meio do crânio onde grandes músculos de mastigação que auxiliavam no fechamento da boca se ancoravam); e eram muito semelhante aos Paranthropus boisei e robustus principalmente em características dentárias (possuíndo enormes molares e pré-molares), a maçã do rosto era voltado para a frente, os ossos do palato eram grossos, levando a teoria de que os P. aethiopicus descendentes dos A. afarensis e ancestral dos P. boisei e P. robustus, fato este que antes da descoberta da "Caveira Negra" pensava-se que A. africanus era ancestral dos P. robustus e P. boisei.

Dados do Primata:
Nome: Paranthropus aethiopicus
Nome Científico: Paranthropus aethiopicus
Época: Plioceno
Local onde viveu: África
Peso: Cerca de 45 kilogramas
Tamanho: 1,2 metros de altura
Alimentação: Onívora

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Primates
Subordem: Haplorrhini
Superfamília: Hominoidea
Família: Hominidae
Subfamília: Homininae
Gênero: Paranthropus
Espécie: P. aethiopicus, Olson, 1985


Bibliografia consultada:
- http://www.becominghuman.org/node/human-lineage-through-time