Pesquise no Grupo AVPH
loading...

Tartaruga Gigante Atlas

    A Tartaruga Gigante Atlas (Megalochelys atlas) era uma enorme tartaruga terrestre que viveu há aproximadamente entre 5 e 2 milhões de anos atrás durante o final do Plioceno e o começo do Pleistoceno no sul da Ásia e norte da Oceania.


    Era uma gigantesca tartaruga terrestre, a maior conhecida atualmente pela ciência, praticamente do tamanho de um carro, ela media cerca de 1,5 metros de altura, 2,1 metros de comprimento linear de carapaça, atingindo da cabeça a cauda de 2,7 metros de comprimento total e pesava quase 1,6 toneladas.

    Suas pernas eram extremamente fortes como as de elefantes, contudo um pouco menores. Seus modos de vida eram similares ao das atuais tartarugas gigantes terrestres, como as tartarugas gigantes de Aldabra e de Galápagos, se alimentando de frutas, folhas, flores, raízes, cascas, cactos, sementes e até carniça, tudo que fosse comestível era aproveitado por eles. Como a maioria das tartarugas terrestres gigantes continentais, esta espécie também possuía um casco de espessura mais grossa que as atuais tartarugas gigantes que habitam ilhas, pois ao contrário delas, nos continentes era necessário se defender de enormes predadores (felinos, ursos, cães, entre outros). Está característica elevava significativamente o peso total que a tartaruga deveria carregar, exigindo assim, uma estrutura muscular e óssea mais robustas e por consequencia um animal mais pesado e forte que os gigantes existentes atualmente, que são habitantes de ilhas.

    Habitavam uma área enorme que compreende desde o Paquistão e a Índia, até a Tailândia e Malásia, durante os períodos secos glaciais. As Tartaruga Gigante Atlas eram bem adaptados a clima secos e podiam sobreviver bastante tempo sem água e sem comida, devido ao seu estilo de vida que economiza energia e lhe proporciona vida longa. Se acredita que essa espécie poderia ultrapassar os 300 anos de idade ou até chegar próximo dos 500 anos e que um animal bem nutrido poderia sobreviver mais de um ano sem alimento.

    Foi inicialmente descrito em 1837 como Megalochelys sivalensis, depois Colossochelys atlas, seguido de Testudo atlas, Geochelone atlas e Megalochelys atlas.


Dados do Quelônio:
Nome: Tartaruga Gigante Atlas
Nome Científico: Megalochelys atlas
Época: Plioceno e Pleistoceno
Local onde viveu: Sul da Ásia
Peso: Cerca de 1,6 toneladas
Tamanho: 2,1 metros de comprimento linear de carapaça
Alimentação: Onívora

Classificação Científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Testudines
Subordem: Cryptodira
Família: Testudinidae
Subfamília: Testudininae
Gênero: Megalochelys
Espécie: Megalochelys atlas (Falconer & Cautley, 1844)

Sinônimos:
- Megalochelys sivalensisFalconer & Cautley 1837 (nomen nudum).
- Colossochelys atlas Falconer and Cautley 1844.
- Testudo atlas
- Geochelone atlas

Paleoarte:
- AVPH.

Referências:
- Anders G.J. Rhodin, Scott Thomson, Georgios L. Georgalis, Hans-Volker Karl, Igor G. Danilov, Akio Takahashi, Marcelo S. de la Fuente, Jason R. Bourque, Massimo Delfino, Roger Bour, John B. Iverson, H. Bradley Shaffer, Peter Paul van Dijk, "Turtles and Tortoises of the World During the Rise and Global Spread of Humanity: First Checklist and Review of Extinct Pleistocene and Holocene Chelonians", Chelonian Research Monographs (ISSN 1088-7105) No. 5, doi:10.3854/crm.5.000e.fossil.checklist.v1. 2015.
- Auffenberg, Walter (1974). Checklist of fossil land tortoises (Testudinidae). Bulletin of the Florida State Museum, Biological sciences. 18, no. 3. University of Florida. p. 173. OCLC 1532640. Retrieved 2012-03-02.
- Hansen, D. M.; Donlan, C. J.; Griffiths, C. J.; Campbell, K. J. (April 2010). "Ecological history and latent conservation potential: large and giant tortoises as a model for taxon substitutions". Ecography (Wiley) 33 (2): 272–284. doi:10.1111/j.1600-0587.2010.06305.x. Retrieved 2011-02-26.
- Hooijer, D.A. 1971. A giant land tortoise, Geochelone atlas (Falconer and Cautley), from the Pleistocene of Timor. Proceedings of the Koninklijke Nederlandsche Akademie van Wetenschappen, Ser. B, Phys. Sci. 74(5):504–525.
- Paul, G.S., and Leahy, G.D. (1994). Terramegathermy in the time of the titans: Restoring the metabolics of colossal dinosaurs. Paleontol. Soc. Spec. Publ. 7, 177-198.



loading...
loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.