Pesquise no Grupo AVPH
    Faça uma Doação R$5,00

Coelophisis

Coelophisis ("osso ocos", devendo-se ao fato de seus ossos serem assim), era pequeno, aerodinâmico e leve, mas cada grama de seu peso era puro terror.

Viveu no Fim do Triássico na América do Norte e foi encontrado num lugar onde havia milhares de ossos desse animal, centenas de esqueletos empilhados uns sobre os outros num verdadeiro cemitério de dinossauros. Em um único bloco estudado foram encontrado pelo menos seis Coelophisis; considerando o resto da área do bloco e os outros blocos transportados, deveria haver naquele lugar pelo menos 1000 animais.

Os cientistas ainda têm dúvidas sobre o que ocasionou tal catástrofe. Talvez, a manada inteira de Coelophisis tenha sido afetada por uma seca, e, em busca de água para beberem, centenas de animais convergeram para um riacho; mas de repente, a seca acabou. Chuvas torrenciais começaram a cair. Sem aviso, uma inundação cobriu o leito do rio, submergindo tudo o que estava ali. Os Coelophisis foram dragados pelas águas lamacentas.

Como o nome já diz, o Coelophisis tinha ossos ocos e leves, as patas trazeiras eram compridas e o crânio pontiagudo era repleto de dentes afiados; tinha garras desenvolvidas para fechar quando eram flexionadas, agarrando a presa. Era um dinossauro bípede, projetado para correr. Tinha um faro muito bom; os olhos também eram ótimos, já tinham visão colorida, vista lateral ampla e poderiam localizar facilmente a presa. Graças a cauda poderia se mover ereto e manter o equilíbrio. Era um animal incrivelmente veloz para o seu tamanho, podia locomover-se a uma velocidade de até 60 quilômetros horários. O surgimento deste animal originou uma jornada evolutiva que culminou nada menos que o grande Tiranossauro Rex.

Foram identificadas duas formas distintas de Coelophysis, a robusta e a esbelta, as quais os paleontologistas acreditam terem sido macho e fêmea. Poderia abater presas muito maiores do que si mesmo trabalhando em equipe. Além disso, achados paleontológicos revelam que também poderiam ser canibais. Junto aos ossos de um Coelophisis foram encontrados ossos de um bebê desta espécie. Poderiam se alimentar de outros de sua espécie normalmente, ou este não era um hábto comum e abriram uma exceção, enlouquecidos pela fome.

Provável som que ele emitia:


Dados do Dinossauro:

Nome: Coelophisis
Nome Científico: Coelophysis bauri
Época em que Viveu: Fim do Triássico
Peso: Cerca de 30 quilos
Tamanho: 1,80 metros de comprimento e 91 centímetros de altura
Alimentação: Carnívora




loading...
loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.