Pesquise no Grupo AVPH
    Faça uma Doação R$5,00

Cágado marinho

Bairdemys thalassica - AVPH


    O Cágado marinho (Bairdemys thalassica) cujo nome "thalassa" em grego significa mar, em referência ao habitat dessa espécie de tartaruga. Era uma tartaruga marinha que viveu há aproximadamente há 12 milhões de anos atrás durante o período Mioceno, na América Central e América do Sul.


    Eram quelônios marinhos que pertenciam ao grupo Podocnemididae, o mesmo das atuais Tartarugas gigantes do Amazonas, que hoje é um grupo estritamente dulcícola, ou seja, típicos habitantes de lagos e rios. As Bairdemys podem ter sido as últimas na linhagem marinha dessa família. Chegavam a medir 1,10 metros de comprimento de carapaça e pesavam cerca de 200 quilogramas.

    As evidências que sinalizam que a B. thalassica era de água salgada foram as características do sítio fossilífero em que foi encontrada, a caverna onde ela foi encontrada apresentava também restos fósseis de cetáceos, peixes e aves marinhas e devido a essa espécie de tartaruga apresentar alguns detalhes anatômicos similares as das atuais tartarugas marinhas. Já foram encontrados anteriormente restos fósseis de outras 6 espécies do gênero extinto Bairdemys, e eles já sinalizavam que esses quelônios apresentavam alguma tolerância a água salgada ou salobra e que possivelmente, vivessem em áreas de estuários, isto é, em ambientes de transição entre rio e mar.

    Seus restos fósseis (Holotipo: IVIC-P-2908) consistem em um crânio quase completo oriundo da caverna El Miedo (10°51′26″ N; 68°36′41″ O), situada no Cerro Misión, Estado de Falcón, na Venezuela, localizada há 15,5 km a sudeste da cidade de Yaracal e a menos de 40 quilômetros do mar do Caribe. Os fósseis estavam há anos no acervo do Laboratório de Paleontologia do Instituto Venezuelano de Pesquisas Científicas, de Caracas e só passou a ser estudado em meados de 2013, quando o paleontólogo Max Langer, professor da Universidade de São Paulo (USP de Ribeirão Preto) e seu aluno Gabriel de Souza Ferreira iniciaram auxilio nos estudos.

Dados do Quelônio:
Nome Comum: Cágado marinho
Nome Científico: Bairdemys thalassica
Época: Mioceno
Local onde viveu: Venezuela
Peso: Cerca de 200 quilogramas
Tamanho: 1,10 metros de comprimento de carapaça
Alimentação: Onívora

Classificação Científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Sauropsida
Ordem: Testudines
Subordem: Pleurodira
Família: Podocnemididae
Gênero: Bairdemys
Espécie: Bairdemys thalassica Bardet et. al., 2013.

Paleoarte:
- Rodolfo Nogueira.

Referências:
- Ferreira, G. S.; Ascanio D. Rincón; Andrés Solórzano e Max C. Langer. The last marine pelomedusoids (Testudines: Pleurodira): a new species of Bairdemys and the paleoecology of Stereogenyina. PeerJ. 30 jun. 2015.



loading...
loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.