Angaturama

Angaturama - AVPH Angaturama - AVPH Angaturama - AVPH Angaturama - AVPH Angaturama - AVPH


    O Angaturama (Angaturama limai) cujo nome significa "Nobre" (ou espírito protetor) em tupi e a espécie "limai" homenageia o falecido pesquisador Murilo Rodolfo de Lima. Viveram há aproximadamente 110 milhões de anos atrás durante o período Cretáceo inferior no Brasil, nas regiões nordestinas próximas da Chapada do Araripe, no Ceará.

    Essa espécie era um dinossauro carnívoro terópode de porte médio que podia aitngir cerca de 5,0 a 6,0 metros de comprimento e 2,0 metros de altura e se alimentava principalmente de peixes entre outros animais. Foi classificado como uma forma brasileira do grupo Spinosauridae, grupo dos espinossauros que são caracterizados por possuírem grandes velas nas costas formada pela extensão das vértebras dorsais, patas posteriores bem desenvolvidas, braços grandes e fortes, um crânio muito longo e achatado lateralmente, com narinas frontais aos olhos e uma protumberância óssea na forma de crista na frente da cabeça, possuíam uma dentição semelhante a dos crocodilomorfos modernos. Estas características criaram a hipótese de que estes dinossauros deveriam viver muito próximos da água e se alimentar principalmente de peixes entre outros animais aquáticos ou que vivessem próximos das águas como pterossauros, pois uma vértebra perfurada por um dente típico de espinossaurídeos foi encontrada, além de se alimentar de outros vertebrados terrestres de pequeno porte.

    Esse grupo habitava as regiões norte da América do Sul e da África, na época em questão os 2 continentes estarem unidos formando uma única massa continental, que se dividiu, formando os dois continentes que se afastaram até os dias atuais.

    Seus restos fósseis foram descobertos em nódulos calcários da Formação Romualdo, Bacia do Araripe, o local exato da coleta não foi definido. A espécie foi descrita em 1996 pelos Paleontólogos Alexander W.A. Kellner e D.A. Campos com base na ponta de um focinho (na parte anterior de um crânio). Outros materiais ósseos encontrados na mesma unidade geológica, como vértebras e ossos longos, foram atribuídos a esse dinossauro ajudando a conhecer melhor o esqueleto dessa espécie. O esqueleto de Angaturama em exposição é o primeiro dinossauro carnívoro brasileiro de médio porte a ser montado no país. Um pouco antes, contudo no mesmo ano de 1996 em que Angaturma foi descrito, Martill e sua equipe descreveram outro espinossaurídeo de médio porte similar para a Bacia do Araripe, Irritator challengeri. Os fósseis de ambos esses dinossauros são de partes diferentes do crânio, portanto, impossíveis de se comparar diretamente. Criando teorias de que Angaturama limai possa ser a mesma espécie (sinônimo) de Irritator challengeri, entretanto maiores estudos são necessários para comprovar. Se isso algum dia for comprovado, o nome Irritator teria prioridade sobr eo Angaturama, pois foi publicado primeiro.

Spinosauridae


Baryonyx



Suchomimus





Irritator



Angaturama



Spinosaurus





Dados do Dinossauro:
Nome: Angaturama
Nome Científico: Angaturama limai
Época: Cretáceo
Local onde viveu: Brasil
Peso: Cerca de 500 quilos
Tamanho: 6,0 metros de comprimento e 2,0 metros de altura
Alimentação: Carnívora

Classificação Científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: Saurischia
Subordem: Theropoda
Família: Spinosauridae
Gênero: Angaturama
Espécie: Angaturama limai Kellner & Campos, 1996

Paleoarte:
- Rodolfo Nogueira (1ª imagem).
- Maurílio Oliveira (2ª imagem).

Referências:
- Kellner A.W.A. and Campos D.A., 1996. First Early Cretaceous theropod dinosaur from Brazil with comments on Spinosauridae. N Jahr Geol Palaeont Abh 199(2): 151-166.
- Museu Nacional (UFRJ) - disponível em http://www.museunacional.ufrj.br/exposicoes/paleontologia/dinossauro-carnivoro-angaturama-limai .





   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.