Pesquise no Grupo AVPH
    Faça uma Doação R$5,00

Alossauro

Alossauro - AVPH Alossauro - AVPH
Alossauro - AVPH Alossauro - AVPH
Alossauro - AVPH Alossauro - AVPH

   O Alossauro (Allosaurus fragilis) cujo nome Allosaurus significa "lagarto diferente frágil", viveu há aproximadamente entre 155 a 150 milhões de anos atrás, durante o final do período Jurássico (Kimmeridgiano até Tithonianna) América do Norte.

   Essa espécie foi descoberta e descrita em 1877 pelo paleontólogo Othniel Charles Marsh e foi inicialmente denominado por Antrodemus. O nome Alossauro surgiu em 1930 devido a um achado composto por alguns restos fósseis em estado bem frágil, dando assim origem ao nome "fragilis". Muitas outras descobertas foram efetuadas desde então e muitas espécies similares foram incluídas e retiradas desse gênero.

   Eram enormes dinossauros terópodes (carnívoros bípedes) que podiam atingir cerca de 12 metros de comprimento (sendo o comprimento médio de 8,5 metros) e pesavam até 3 toneladas, sendo a média em torno de 2 toneladas. Seus crânios eram enormes, atingindo quase 1 metro de comprimento, possuindo elevações ósseas acima e na frente dos olhos, possuíam entre 14 a 17 dentes enormes, especializados para cortar carne, sua cauda era comprida e o pescoço era curto e forte. Os pés possuíam quatro dedos, sendo um deles bem menor que os outros, não auxiliando na locomoção. Essa espécie era muito comum durante o período Jurássico, ocupando os lugares mais altos da cadeia alimentar da época e apelidado de "Terror do Jurássico".

   Os Alossauros eram bons predadores e caçavam grandes dinossauros como saurópodes, ornitópodes e estegossaurídeos, mas também possuíam grande agilidade, que os possibilitavam capturar animais menores se necessário. Quando encontravam carniça também não as desperdiçavam. Marcas de dentes de alossauros foram encontradas em diversos restos fósseis de dinossauros, tanto em animais que morreram e foram consumidos após a morte, quanto em animais que sobreviveram ao ataque (as marcas no ossos haviam se regenerado, restando apenas a cicatriz).

   Acredita-se que as mães alossauro deveriam proteger os ovos durante o período de incubação nos ninhos e em seguida cuidariam dos filhotes até atingirem certo tamanho, a partir do qual estaria por conta própria (de forma similar as aves atuais). Quando jovens ou adultos, acredita-se que seriam animais solitários, se reunindo apenas em períodos de acasalamento ou em alguns eventos de carnificina quando grupos de animais morriam ou algum gigantesco saurópode estivesse agonizando ou morto, disponibilizando grandes ofertas de alimento.

Provável som que ele emitia:

Dados do Dinossauro:
Nome: Alossauro
Nome Científico: Allosaurus fragilis
Local em que viveu: América do Norte
Época: Jurássico
Peso: 3 toneladas
Tamanho: Cerca de 4 metros de altura e 12 de comprimento
Alimentação: Carnívora

Classificação Científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: Saurischia
Subordem: Theropoda
Infraordem: Tetanurae
Micro-ordem: Carnosauria
Família: Allosauridae
Gênero: Allosaurus
Família: Allosaurus fragilis, Marsh, 1877

Sinônimos:
Allosaurus atrox
Allosaurus amplexus
Antrodemus? Leidy, 1873
Creosaurus Marsh, 1878
Epanterias? Cope, 1878
Labrosaurus Marsh, 1879
Saurophaganax? Chure, 1995

Paleoarte:
- Jin Kyeom Kim

Referências:
- Foster, John (2007). "Allosaurus fragilis". Jurassic West: The Dinosaurs of the Morrison Formation and Their World. Bloomington, Indiana: Indiana University Press. pp. 170–176. ISBN 978-0-253-34870-8. OCLC 77830875.
- Glut, Donald F. (1997). "Allosaurus". Dinosaurs: The Encyclopedia. Jefferson, North Carolina: McFarland & Co. pp. 105–117. ISBN 978-0-89950-917-4.
- Holtz, Thomas R., Jr.; Molnar, Ralph E.; Currie, Philip J. (2004). "Basal Tetanurae". In Weishampel, David B.; Dodson, Peter; and Osmólska, Halszka (eds.). The Dinosauria (2nd ed.). Berkeley: University of California Press. pp. 71–110. ISBN 978-0-520-24209-8.
- Leidy, Joseph (1870). "Remarks on Poicilopleuron valens, Clidastes intermedius, Leiodon proriger, Baptemys wyomingensis, and Emys stevensonianus". Proceedings of the Academy of Natural Sciences of Philadelphia 22: 3–4.
- Madsen, James H., Jr. (1993) [1976]. Allosaurus fragilis: A Revised Osteology. Utah Geological Survey Bulletin 109 (2nd ed.). Salt Lake City: Utah Geological Survey.
- Paul, Gregory S. (1988). "Genus Allosaurus". Predatory Dinosaurs of the World. New York: Simon & Schuster. pp. 307–313. ISBN 978-0-671-61946-6.
- Rauhut, Oliver W. M. (2011). "Theropod dinosaurs from the Late Jurassic of Tendaguru (Tanzania)". Special Papers in Palaeontology 86: 195–239. doi:10.1111/j.1475-4983.2011.01084.x.



loading...
loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.